Redes Sociais


Seguidores falsos no Instagram: entenda como a rede social está combatendo isso e proteja-se!



Nas últimas semanas, vários influenciadores digitais reclamaram publicamente sobre a constante perda de seguidores no Instagram. A limpeza faz parte de um conjunto de ações da rede social para impedir a disseminação de seguidores falsos no Instagram. Para isso, ela vem aplicando uma rigorosa política contra esses perfis.

Diante disso, é vital que você entenda o motivo dessas ações, as desvantagens de comprar seguidores falsos (ou usar ferramentas que atraiam esse tipo de seguidor) e, claro, saiba como ganhá-los de forma orgânica.


A origem da batalha contra seguidores falsos no Instagram
Criada em 2010, a rede social já alcançou a marca de um bilhão de usuários ativos por mês, de acordo com um anúncio feito pela própria empresa. No entanto, desse total de usuários, cerca de 95 milhões são contas falsas.

Em novembro de 2018, o Instagram se pronunciou sobre essa situação e assumiu a responsabilidade de promover interações genuínas e experiências reais por meio da remoção de comentários, seguidores e curtidas geradas por aplicativos. Para isso, a empresa desenvolveu ferramentas de machine learning com a finalidade de identificar e remover atividades inautênticas e aumentou o rigor dos termos de uso da plataforma.


Como o Instagram está eliminando as contas falsas?
Não se sabe se essas medidas conseguirão resolver totalmente o problema, uma vez que existe um mercado lucrativo empenhado em desenvolver aplicativos para promover o aumento de audiência, mesmo que ela seja artificial.

Sim, isso significa que é possível que apareçam novas formas de burlar as diretrizes da plataforma. Por outro lado, a rede social está empenhada em eliminar seguidores falsos.


As desvantagens em comprar seguidores no Instagram

A compra de seguidores falsos pode ser descoberta por seguidores reais e isso tem um potencial imenso para manchar a imagem de qualquer marca ou figura pública. Isso porque a compra não tem a ver apenas com o número de seguidores: os chamados bots também atuam gerando comentários, curtidas e múltiplas interações. Portanto, ao saber disso, é provável que o público se sinta enganado e desrespeitado.

Não ajuda a atingir seus objetivos
Definitivamente, comprar seguidores não é uma solução com impacto a longo prazo. Ao fazer isso, a conta consegue apenas uma audiência infrutífera, sem qualquer potencial para:

  • Virarem clientes reais;
  • Darem retorno sobre o conteúdo;
  • Consumirem e disseminarem seu conteúdo;
  • Tornarem sua marca conhecida em círculos de confiança.

Não gera engajamento
Todo mundo sabe que são as indicações de familiares e de amigos que têm chances de gerar um engajamento real — curtidas, comentários, retorno, compartilhamento. Assim, de que adianta ter seguidores que não geram engajamento?

Vai contra as normas do Instagram
Vale lembrar que a prática da audiência artificial sempre foi contra as políticas da empresa e fazer isso é se arriscar a perder o investimento financeiro feito em bots, pois o Instagram pode fazer uma “limpeza” a qualquer momento.

Não oferece dados estratégicos
As redes sociais são fontes de informações valiosas a respeito das necessidades e preferências do público. Esses dados são insumos para a definição do plano de negócios e na tomada de decisões estratégicas. Por isso, é preciso refletir como contas falsas vão realmente ajudar a marca.

Contas falsas são facilmente descobertas
Essas dicas nos mostram os problemas que os seguidores falsos no Instagram podem causar, mas tem mais: as contas falsas podem ser facilmente descobertas. Em geral, elas não possuem publicações, nem foto de perfil, o que deixa bem evidente que são perfis falsos.

Espero que depois de ler esse artigo você esteja realmente alerta quanto aos riscos de se ter seguidores falsos no Instagram. E, como a gente não tá aqui só pra te dar um banho de água fria, veja esse post de como crescer organicamente no Instagram, com seguidores reais, engajados, sem correr riscos e sem pagar nadinha por isso!